Header Ads

Afinal o Primeiro surfista português é Açoriano !

Fotografia: Rui Soares/Action Sports Azores
Até ao momento, o que nos foi dado a conhecer foi que Pedro Lima, 84, foi o primeiro surfista português tendo iniciado a prática em 1959. No entanto, a paixão pelo surf já era antiga, datava de 1946, mas a falta de equipamento impediu este autêntico e puro waterman luso de começar a praticar mais cedo. 
Pois bem, numa peça publicada no Açoriano Oriental a 12 de março, ficámos a saber que, afinal, o primeiro surfista português é açoriano, oriundo de São Miguel, e chama-se Carlos “Garoupa” Medeiros. 
Atualmente com 79 anos, Carlos apanhou o bichinho do surf quando tinha 11 anos, em 1947, começando a praticar com uma prancha de criptoméria (madeira), concebida pelo próprio inspirado nos filmes norte-americanos que mostravam imagens de surf no Havai. 
Naquela altura não existiam fatos e a aprendizagem dava-se por mera observação. A prancha, por sua vez, ainda hoje existe e tem resistido ao passar dos anos e do sal do mar. 
Hoje em dia, Carlos “Garoupa” está considerado o primeiro surfista açoriano (e português, a julgar pelos dados), um dos primeiros também na velha Europa, que não deixou de passar a paixão pelo surf ao seu filho João (quando este tinha 15 anos) e este ao seu filho Diogo quando tinha 8 anos. São assim três gerações da mesma família ligadas ao mar e todas com uma prancha de surf em comum. 
Curiosamente, de acordo com a reportagem do Açoriano Oriental, a primeira e única vez que os três estiveram juntos no mar foi na última semana de fevereiro, precisamente quando a foto em anexo teve lugar. 

Sem comentários