Header Ads

As 9 cascatas mais bonitas de Portugal



A poucos metros de povoações típicas, por caminhos estreitos e sinuosos, passando por rochas vestidas de verde e tropeçando em alguns dos seus sulcos, conheça 30 das melhores cascatas e quedas de água de Portugal. Da Madeira ao Gerês, siga o curso das águas e embarque à descoberta dos sítios onde os rios rasgam a vegetação e se despenham até terminarem em lagoas de água doce. Algumas convidam ao banho, outras nem por isso... Mas são todas um deleite para a vista.

1. Faia d’água alta
As águas da Ribeira de Lamoso precipitam-se a 35 metros de altura, por 10 de largura, para desembocar no rio Douro. É possível passar por trás da queda de água, mas com cautela.

2. Fraga da Pena
Localizada próximo da aldeia serrana de Benfeita, esta queda de água, originada por um acidente geológico, é um dos mais peculiares recursos naturais da área de Paisagem Protegida da Serra do Açor.

3. Pego do Inferno
O Pego do Inferno fica no sul de Portugal, na Ribeira da Asseca, um local alternativo no agitado Algarve. Há histórias e lendas sobre a profundidade das suas águas mas a verdade é que têm pouco mais de sete metros.

4. Pulo do Lobo
O Pulo do Lobo é a maior queda de água do sul de Portugal continental, situando-se no rio Guadiana, a montante de Mértola. As margens altas e pedregosas, são tão apertadas que, segundo a lenda, até um lobo as transpõe de um salto.

5. Frecha da Mizarela
Situada na serra da Freita, em Arouca, a queda de água no rio Caima, com cerca de 75 m de altura, é uma das mais altas de Portugal e da Europa. É um monumento natural excepcional que pode ser apreciado a partir de diversos miradouros ou do próprio leito do rio junto à aldeia de Albergaria da Serra. Há ainda diversos trilhos pedestres bem assinalados que permitem descer ao vale, à base da queda de água.

6. Cascatas de Taiti
Caminhos sinuosos, onde é impossível chegar de outro modo que não a pé, conduzem às cascatas do Taiti, provenientes do rio Arado. Um refúgio para descobrir uma queda de água que termina numa lagoa rodeada de areia.

7. Cascata da Cabreia
Localizada em Sever do Vouga, a Cascata da Cabreia tem 25 metros de altura. As águas, provenientes do do rio Mau caem para uma bacia fluvial, envolta numa vegetação densa, onde o verde se estende até ao alcance da vista. Uma atmosfera tranquila complementada com trilhos, escadarias e um parque de merendas.

8. Cascata do Aveiro
Na Ilha de Stª Maria, nos Açores, localiza-se a Cascata do Aveiro, uma das maiores de Portugal, senão mesmo a maior, tem 100 metros de altura e está classificada como sítio de interesse geológico. Na base da queda de água existe um lago pouco profundo e, numa das margens, uma área para merendas.

9. Figas de Ermelo
Esta cascata é uma das maiores quedas de água de Portugal e também da Europa. O desnível desta cascata apresenta 200 metros de extensão, cavados ao longo dos milénios da sua existência pelas águas calmas, mas perseverantes, do rio Olo, que nasce no Parque Natural do Alvão.

in www.ruralea.com

Sem comentários