Header Ads

Professor motiva alunos açorianos com cumprimentos divertidos



Um aperto de mão, um abraço, um beijinho ou até uma dança. Alunos de escola açoriana escolhem como querem ser cumprimentados.

Libânio Silva, tem 39 anos, e dá aulas há 12 no Colégio de Santa Clara, na ilha Terceira, nos Açores. Desde sempre, habituou os seus alunos a atividades “fora da caixa”, como o próprio descreve. O que nunca esperou foi que o vídeo de uma destas atividades fizesse tanto sucesso nas redes sociais, com dezenas de pessoas a elogiar o trabalho feito com as crianças.

No vídeo, partilhado na página Libânio Silva – Docente 1o ciclo, é possível ver o docente a receber os alunos, à porta da sala de aulas onde está colocado um cartaz ilustrado com vários tipos de cumprimentos. De cada vez que uma das crianças, que estão no 2.º ano escolar, entra na sala, toca no cumprimento que quer receber nesse dia pelo professor.

Há abraços, beijinhos, ‘dá cá mais cinco’, apertos de mão, ‘dab’ e até danças. Em conversa com o Notícias ao Minuto, o docente, que já foi jogador de futebol, revela que esta iniciativa foi inspirada num vídeo norte-americano.

“A ideia não é minha, nem é inovador na sua génese, pois nos Estados Unidos da América este género de atividade é usual. Vi um vídeo semelhante e achei interessante adaptar e fazer algo parecido para a nossa sala de aula”, conta Libânio, adiantando com humor que na dança do ‘Fortnite’ os alunos “são muito mais competentes” do que ele.



Para o docente é importante criar e implementar nos alunos “uma capacidade e competência emocional elevada – a chamada Inteligência Emocional -, e este cumprimento, ao iniciar o dia, é fantástico para promover este tipo de inteligência”, explica.



Por outro lado, Libânio diz que, ao contrário do que era de esperar, esta atividade faz com que a entrada na sala seja mais silenciosa e mais ordenada.

O sucesso da atividade, que foi instituída no início deste ano letivo, na turma do 2.º ano a quem Libânio dá aulas, foi tanta que os cumprimentos se alastraram ao átrio da escola terceirense.

“Todos os dias é escolhida uma turma para realizar os cumprimentos no átrio da escola pois, os restantes estudantes gostaram muito de ver os colegas a fazerem esta atividade. Ou seja, por semana, há sempre quatro turmas, para além da minha, que faz todos os dias na minha sala, que também realizam esta ‘performance’".

Além desta ação, o Colégio de Santa Clara têm outras atividades pedagógicas ‘fora da caixa’ como a Kahoot, que se realiza à sexta-feira, e onde os alunos trazem os seus dispositivos móveis para, em forma de jogo, consolidar as aprendizagens adquiridas durante a semana.


in noticiasaominuto.com

3 comentários:

  1. Copia a idiotice americana...https://www.youtube.com/watch?v=3VzOmZ4bdTw

    ResponderEliminar
  2. Se fosse a ele estava mas era quietinho porquanto ainda corre o risco de o acusarem de qualquer coisa. É só algum menino papá ou mãmã não gostarem de alguma coisa

    ResponderEliminar
  3. Acho estes comentarios desnecessários, é uma boa iniciativa copiada ou não, nao é isso que está em causa o que conta é que as crianças entram na saula de aula mais entusiasmadas, e só quem tem uma mente muito perversa é que pode ver maldade nesta iniciativa.

    ResponderEliminar